terça-feira, 22 de setembro de 2009

CIDADE NOVA UM CARTÃO DE INDAIATUBA

SUGESTÕES QUE EMANOEL JÁ CONQUISTOU  PARA INDAIATUBA


As sugestões que Emanoel Messias Santos, defendeu durante anos, e principalmente na campanha eleitoral de 2006, deixou claro que mesmo não sendo eleito, teve suas sugestões aprovadas pela administração municipal. Com uma posição política independente, Emanoel apresentou várias sugestões, que foram adotadas. Foi de suma importância para o desenvolvimento da cidade, dando um grande salto de investimentos através do governo Federal. Foram investimentos de grande importância e necessidade, sugestões indicadas quando Emanoel, ainda era membro do PT de Indaiatuba, e depois deu continuidade quando passou para o Partido Humanista da Solidariedade-PHS, onde continua filiado. A eleição de 2006, foi sim um marco, representou uma experiência inédita para Emanoel. Pela primeira vez candidato á deputado federal, fez uma campanha conhecida como tostão contra o milhão, e percebeu que poderia ser útil a comunidade, contou com ajuda da imprensa local, lançando suas sugestões. Sugestões que receberam apoio de parlamentares na Câmara municipal e de toda sociedade indaiatubana. Resultado foi a concretização de um sonho e da conquista de um grande objetivo. "Ajudar o município !"

PROJETOS SUGERIDOS:

OBRAS PÚBLICAS - Desde 2004, Emanoel afirmou a necessidade e importância de dar início as obras de Enchentes nos Bairros Cidade Nova e Jardim Califórnia. Investimento esse que foi mantido pelo município e governo federal. Foram gastos mais de 55 milhões de reais.
ESPORTES - Outro projeto importante foi a vinda do Projeto Segundo Tempo do governo federal, que aumentou o tempo dos alunos da rede pública, criando oportunidades e incentivando a prática do esporte.
RECEITA FEDERAL - Outra sugestão, foi a implantação do Posto da Receita Federal, porém o investimento não foi mantido e continua fechado.
POSTO DA POLÍCIA FEDERAL - Sugestão protocolada em Brasília.
FUNCIONALISMO PÚBLICO - Plano de carreira e melhores condições de trabalho, e luta de equiparação salarial.
SAÚDE - Ampliação do hospital municipal.
COMÉRCIO - Apoio ao comércio local votando medidas e propostas de incentivo ao crescimento das vendas. Revisão do sistema de liberação de uso de solo público. Policiamento comunitário nas ruas de maior movimento comercial. Reestruturação da zona azul, considerando a opinião dos comerciantes envolvidos.
HABITAÇÃO - Construção de moradias populares através dos governos estadual e federal considerando a capacidade de fornecimento de água tratada e saneamento básico.

Essas são algumas das sugestões que veio colaborar para o crescimento de nossa cidade, como também outras que nossos legisladores indicaram para Indaiatuba. Lembrando que é a soma de representantes do Legislativo e iniciativas da própria população, assim colocando a cidade como padrão de desenvolvimento nacional.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Preconceito Social

Humanidade e Solidariedade, palavras difíceis de entender?


Esse fim de semana conversei com algumas pessoas, e senti a falta de entendimento e por conseqüência o preconceito com alguns projetos sociais. Indaiatuba tem cerca de quase duzentos mil habitantes, considerada uma cidade modelo, pois não tem problemas fortes sociais, exemplo disso: não tem favelas, e também pessoas na miséria. Porém existem pessoas muito abaixo da pobreza, razão pela qual foi construídas algumas casas em regime de mutirão e baixas prestações;
que até hoje há forte pressão da sociedade para que não traga essas habitações para o município. Não tirando algumas razões, como a questão de segurança, não podemos nos colocar contra esses projetos por achar que construindo casas populares, estamos atraindo pessoas que tragam perigo á população, já que sabemos que a maior causa é a falta de oportunidade dada aos menos favorecidos. Não quero aqui justificar nada, até porque acho que roubar um pão ou um banco é crime, e tem que ser punido; já pensou se todo mundo resolvesse ir ao crime por achar que tem um motivo que lhe de razão!  Temos que garantir os direitos e deveres de todos que são permitidos através das leis. Mas, o que realmente eu percebi que há um preconceito em torno do assunto. Neste último domingo dia 20, Setembro de 2009, fui convidado para participar de um torneio de futebol no Projeto Caminho do Sol, torneio que reuniu muitas crianças no bairro. Essa iniciativa foi de um Pastor evangélico, que me pediu medalhas e troféus, além de uma bola. Não conheço a igreja do Pastor, mas percebi que o que importava era a realização do torneio que reuniu toda a comunidade. Vi a li, uma grande alegria daquelas crianças que participaram e a grande chance de conhecer aqueles moradores, que me receberam com muita gratidão. Vejo que quando disse que iria ao bairro, recebi muitas criticas e brincadeira mal dosa; exemplo da falta de interesse da população e preconceito de nossa sociedade. Ainda bem que tem pessoas que lutam para resgatar um pouco de dignidade dessas pessoas. Imagine vocês se em São Paulo todos os governantes que passaram, tivessem se interessado em resolver os problemas das favelas!
video